Geração de Caixa

GERAÇÃO DE CAIXA


Na criação do seu plano de contas você deverá ter atenção na criação das suas contas conforme princípios citados anteriormente.

Quanto a sua empresa gera de caixa de mês.

O intuito desse cuidado é calcular a geração operacional da empresa, verificar a capacidade que a empresa possuí mensalmente de gerar caixa, ou, em outro termo, lucro.

Investimentos e as retiradas de sócios só são realizados quando são geradas receitas maiores do que as despesas (lucro). Se calculássemos somente a diferença entre as entradas e saídas de caixa o lucro seria sempre zero, pois a qualquer sinal de lucro esse montante seria investido na empresa ou retirado pelos sócios e classificados como saídas, o que ocasionaria a não apresentação de lucro no relatório, prejudicando a análise e tomada de decisão.

Vou simplificar um relatório e exemplifica-lo aqui para ficar mais fácil a compreensão. Veja a comparação entre os exemplos A e B, os dados são o mesmo mas a apresentação do relatório é diferente.

No exemplo A você não consegue enxergar o lucro ou a geração de operacional, enxerga somente uma movimentação de caixa positiva de R$ 830,00

No exemplo B você enxerga o lucro e a geração operacional, que é de R$ 20.000,00, só que esse dinheiro foi investido na empresa e retirado pelo sócios, sobrando somente R$ 500,00. Com as outras entradas e saídas que não fazem parte das operações (empréstimos, aportes e etc.) o saldo fica positivo em R$ 830,00.

Um grande número de informações preciosas para a tomada de decisão da sua empresa são omitidas e podem fazer com que você tenha uma decisão errada no seu negócio. Por isso ter esse controle de geração operacional é tão importante no desenvolvimento e planejamento do seu negócio. Se você ainda não o possuí repense em como você está administrando a sua empresa.

Tela de exibição do nosso Controle de Geração Operacional

Teste esse controle gratuitamente preenchendo o menu esquerdo dessa página

FORMULÁRIO DE DOWNLOAD: